sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Regras da Comida por Michael Pollan.



Depois de ler "Cozinhar: uma história natural da transformação" (2013) do jornalista norte-americano Michael Pollan, virei fã do autor. Ele que esteve na edição da FLIP de 2014 foi recebido com entusiasmo pelo grande número de leitores brasileiros presentes na Feira Literaria de Paraty e foi nessa época que esbarrei com de seus livros.

Gosto da forna fluída e simples com que ele aborda as questões da alimentação, resultado possível porque o autor põe a mão na massa literalmente partindo para as experimentações para escrever. Em "Regras da Comida: um manual da sabedoria alimentar" (2009) ele explora a ideia de que comer bem não precisa ser tão complicado e traz algumas regras simples que podem nos ajudar no dia a dia, especialmente em tempos de fast food, dietas mirabolantes e de comida muito processada que insiste em invadir nossa casa e mesa. 

Nesses tempos de dietas cada vez mais elaboradas e conselhos nutricionais divergentes, polêmicos e paradoxais, Regras da comida traz uma simplicidade reconfortante às nossas decisões cotidianas sobre alimentação. Esse é um manual que estabelece uma série de regras simples e fáceis de memorizar, e que nos permitem comer com bom-senso — uma regra por página, seguida de uma explicação sucinta, quando necessário. Michael Pollan sintetiza suas teses em um conselho: Coma comida. Não muita. Principalmente vegetais. Umas das dicas dos especialistas para iniciar o processo de mudança de hábitos é escolher, dentre as três seções do livro, uma regra que seja novidade em sua rotina. Isso certamente levará a melhorias significativas na sua alimentação.

Algumas das 64 regras apresentadas no livro:


Não coma nada que sua avó não reconhecesse como comida. 

Evite alimentos que você vê anunciados na televisão. 

Não coma cereais matinais que mudam a cor do leite. 

Coma os alimentos doces como você os encontra na natureza. 

Evite produtos alimentícios que contenham mais de cinco ingredientes. 

Coma todas as besteiras que quiser, desde que você mesmo as cozinhe. 

Só coma à mesa. 

Coma principalmente vegetais. Sobretudo folhas. 

Não é comida se chegou pela janela do seu carro. 

Coma quando tem fome, não quando está entediado. 


Trata-se de uma leitura rápida, um guia prático para nos lembrar sobre o que devemos e não devemos fazer na hora de nos alimentar, são regras básicas que uma vez adotadas podem fazer toda a diferença.






Livro: Regras da Comida

Autor: Michael Pollan

Editora: Intrínseca









***

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recebemos seu comentário logo ele será publicado. Obrigada pela visita!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...