segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Giro "Food Film" da semana.

Uau! A cada dia que passa ficamos mais famintos por encontrar novas produções que se enquadrem na categoria Food Films

Talvez algum visitante do blog não compreenda nossos critérios de escolha, contudo, não é difícil de entender se partirmos do princípio de que, para que qualquer alimento chegue a nossa mesa ou para que seja processado e transformado em outro produto ele terá que passar por várias etapas e pelas mãos de muitas pessoas. Essa é a tal cadeia produtiva que engloba do agricultor (em pequena ou grande escala), passando pela embalagem, transporte, armazenamento, distribuição, beneficiamento no caso de alguns produtos e tantos outros processos que nem temos como mencionar aqui, até chegar a nossa mesa.

Além disso, algumas questões referentes a: terra (solo), meio ambiente e saúde estão diretamente ligados a nossa alimentação e, portanto, são temas que a categoria Food Film abarca.

Quando incluímos algum filme novo em nossa lista é porque pesquisamos: festivais de cinema, produtoras e distribuidoras de filmes dos quatro cantos do planeta e chegamos a esse ou aquele título, tanto é assim, que dos inúmeros filmes inseridos em nossa lista a maioria deles não foi distribuído no país, talvez porque a categoria ainda não despertou a curiosidade do público brasileiro.  Por enquanto o interesse do brasileiro médio está nos modismos goumert, nos circuitos gastronômicos e mais ainda, na possibilidade de acesso ao alimento processado à venda nas grandes redes de supermercados e nas cadeias de fast food.

Enquanto isso temas como: desperdício, obesidade, alimentação saudável, produtos orgânicos, agricultura familiar, hortas urbanas e comunitárias, sustentabilidade e cuidados com o meio ambiente são assuntos para uma pequena parcela interessada que já descobriu que o ato de alimentar-se é mais complexo do que simplesmente levar a comida à boca.

Esta semana nosso giro traz filmes e documentários produzidos na América e na Europa e como é de costume, acompanhados de muita ação, romance, história e reflexões.



23/02/15 - O documentário "Connected By Coffee" de Aaron Dennis e Chelsea Bay Dennis (EUA, 2014) é um filme inspirador e instigante sobre a vida e história dos povos que cultivam o café que bebemos. O filme acompanha duas torrefações de café da América do Norte em uma viagem de 1.000 milhas através do México, Guatemala, El Salvador e Nicarágua para ouvir as histórias das pessoas que cultivam o café. No caminho eles se encontram com os soldados que se tornaram produtores, mulheres poderosas que controlam seus próprios destinos e inúmeros pequenos agricultores que se uniram para formar cooperativas. Este filme serve como ponto de partida para educar os consumidores e apreciadores de café sobre os conceitos básicos de comércio justo, as cooperativas, a justiça social, o produto orgânico, os conflitos, as pragas do cafeeiro como a ferrugem e convida o espectador a não só tomar decisões de compra consciente, mas a aprender mais, se envolver e agir. (categoria: abacaxi)


23/02/15O filme "Il Pasticciere" de Luigi Sardiello (Itália, 2012) traz a história de Achille Franzi um Chef Confeiteiro que segue os passos de seu pai. Quando criança, ele passava os dias na loja de doces de pai, cujo conselho representou um verdadeiro guia para interpretar a vida, quase um evangelho. Hoje adulto, vive o seu trabalho como uma missão, uma vocação para fazer as pessoas felizes através de seus doces perfeitos. Mas um dia o acaso ou talvez o destino, mudam o rumo da sua vida, longe da rotina cheia de deliciosos cremes, fermento, açúcar e pastéis de nata ele inicia uma jornada que mudará sua vida, e para sobreviver terá que enfrentar muitos perigos. A medida que o filme avança Aquiles vai nos contar a sua história, o seu passado: um paraíso de cores, aromas, sabores e receitas secretas. (categoria: pipoca)


23/02/15 Agora a indicação é de um filme cujo enredo trata da comercialização inescrupulosa de alimentos contaminados por grandes corporações internacionais à partir da China. Situação que só mudará quando os caminhos de uma mãe chinesa, que perdeu seu filho envenenado pela comida, e um ambicioso executivo de um conglomerado internacional se cruzam. "Something Good: The Mercury Factor" de Luca Barbareschi (Itália, 2013) é um filme de ação e acredite, muito romance. (categoria: pipoca)


23/02/15"Mais que Mel" (More than Honey) de Markus Imhoof (Suiça, 2013) faz um alerta: em menos de quinze anos, 50% a 90% das abelhas desapareceram do globo terrestre. Os agrotóxicos e eventuais predadores contribuem certamente para o fenômeno, mas nada justifica uma queda tão brusca no número destes insetos. O documentário investiga a responsabilidade dos homens no desaparecimento das abelhas, lembrando que sem a polinização feita por elas, até 80% das frutas e legumes podem sumir da face da Terra. Mesmo Einstein já tinha dito que sem esses animais, o ser humano sobreviveria no máximo quatro anos. (Para refletir sobre como a vida pode ser mais doce) (categoria: abacaxi)


23/02/15"Good Things Await" (título original Så meget godt i vente) trata-se de um documnetário dinamarquês do diretor Phie Ambo lançado no final de 2014 que traz a história de Niels Stokholm, um dos agricultores mais idealistas na Dinamarca. Ele dirige uma fazenda biodinâmica com sua esposa, Rita, e de sua fazenda, Thorshøjgaard, eles distribuem produtos para alguns dos melhores restaurantes do mundo. Mas nem todos são igualmente apaixonado por Thorshøjgaard e seus métodos holísticos. Autoridades e a burocracia ameaçam fechar a fazenda. (categoria: abacaxi)


20/02/15"East Side Sushi" de Antony Lucero (EUA, 2014) é um daqueles filmes onde o preconceito, a resistência e a ternura estão muito presentes. O filme conta a história de Juana, uma jovem de origem latina nascida nos EUA que vende frutas nas ruas, mas, que resolve deixar tudo ir atrás de um sonho o de se tornar uma grande 'Sushi woman'. Confrontado os obstáculos de ser do sexo e raça errada para a profissão escolhida, Juana luta para superar tudo e ter sucesso onde ninguém, como ela, já teve. O diretor optou por trabalhar numa perspectiva divertida as questões políticas de um restaurante oriental e suas dinâmicas culturais, produzindo um filme que é um olhar realista sobre a mudança multicultural no mundo dos alimentos nos Estados Unidos. (Filme presente na edição 2014 do Napa Valley Film Festival e na nossa lista de "Filmes que são uma delícia"). (categoria: pipoca)

***

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recebemos seu comentário logo ele será publicado. Obrigada pela visita!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...