segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Especiarias e ervas aromáticas: do Oriente para o nosso prato.

(Arroz Marroquino do Armazém Califórnia, Curitiba-PR - Foto: Meg Mamede)

O que os grandes navegadores fizeram por nossa cozinha foi mais que nos apresentar o Oriente, eles trouxeram outras cores e aromas que deram ainda mais sabor à nossa rica cozinha brasileira, resultante das nossas matrizes lusa, indígena e africana. Foi no período das Grandes Navegações ou Era dos Descobrimentos, entre os séculos XV e XVI (período que para alguns historiadores pode se estender ao inicio do XVII se considerarmos as viagens de outros países da Europa), que europeus, em especial os da Península Ibérica, Portugal e Espanha, partiram para um período de exploração intensa que os faria encontrar novas rotas de comércio e terras antes desconhecidas por eles. Esses homens fizeram viagens pela África, Ásia e América e a partir disso ocorreu um intercâmbio cultural e gastronômico que tem seus ecos nos dias atuais, sobretudo na cozinha da América Lusa e Espanhola.

Hoje podemos comprar nas grandes redes de supermercado, na internet e até nos mercadinhos de bairro produtos como canela, cravo da Índia, pimenta-do-reino, noz moscada, açafrão, curry  (o caril como é chamado em Portugal e outros países lusófonos), etc., mas alguns séculos atrás isso seria impossível, esses eram produtos negociados a preço de ouro e estavam presentes somente nas mesas mais refinadas e poderosas.

Mas não vou me estender sobre o tema, se você quiser saber mais sobre as especiarias e sua chegada às Américas, ao final deste post indico alguns livros interessantes sobre sua história e algumas de suas aplicações e forma de cultivo. Agora quero deixar a receita do Arroz Marroquino (que comi sábado num lugar que gosto bastante), não sei se esta receita é fidedigna à que provei, mas acredito que deva ficar ótima se respeitado os ingredientes e capricho na hora de prepará-la. Este prato é colorido, perfumado e delicioso. 

Vamos à receita...

Ingredientes:

2 xícaras de arroz branco
5 xícaras de água
250 g de carne bovina em tiras pequenas (coxão mole ou alcatra previamente cozidas com tempero de sua preferência)
1 xícara de castanhas de caju
3 colheres (sopa) de manteiga
Acafrão em pó
Curry
Canela em pó (opcional)
Sal a gosto

Modo de preparar:

Numa panela (melhor se tiver uma tipo Wok) dissolva 2 colheres de manteiga, em seguida acrescente o arroz e frite um pouco, depois acrescente umas pitadas de açafrão e curry, para que o arroz obtenha aquela cor amarela típica desses condimentos (mas não exagere na porção, geralmente o curry se torna um pouco picante se usado em demasia) coloque sal e misture, em seguida coloque a carne previamente cozida e misture bem, acrescente água e deixe cozinhar em fogo médio por aproximadamente 15 minutos ou até a água secar. Se necessário acrescente um pouquinho mais de água, deixe secar e reserve. Em uma frigideira, coloque a manteiga restante deixe aquecer para fritar um pouco as castanhas. Para servir, disponha o arroz no prato e coloque as castanhas sobre o arroz, para dar um toque perfumado ao prato polvilhe uma pitada de canela em pó antes de servir (opcional).

Dica: Você pode substituir a carne bovina por cordeiro, frango ou vegetais e as castanhas por amêndoas.


Tempo de preparo: 30 min.

Rendimento: Até 6 pessoas

Dificuldade: Fácil


Livros que indico:

“No tempo das especiarias” de Fábio Pestana, Editora Contexto.

“Dicionário Gastronômico: Ervas Especiarias” de Nelusko Linguanotto Neto, Bombay.

“O livro das especiarias” de John Gregory-Smith, Publifolha.

“Ervas culinárias” de Jeff Cox e Marie-Pierre Moine, Publifolha.


***

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recebemos seu comentário logo ele será publicado. Obrigada pela visita!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...